RGS autoriza Sabesp a iniciar obras de saneamento básico no Parque América e região

Investimento que será liberado em Rio Grande da Serra se soma a ações do Programa Pró-Billings para aumentar a coleta e tratamento de esgotos

Nesta segunda-feira (01) a Prefeitura Municipal autorizou a Sabesp a iniciar mais uma obra que vai melhorar a qualidade da água da represa Billings. Assinamos a liberação para a implantação do sistema de coleta e tratamento de esgoto nos bairros Parque América e Vila Fordiane/Oasis Paulista. Os investimentos nesta obra são de quase R$ 27 milhões e farão com que o esgoto desses bairros passe a ser enviado até a estação de tratamento, contribuindo para garantir mais saúde aos moradores e para melhorar a qualidade da água da represa.

O investimento vai permitir que o esgoto de cerca de 5.000 moradores seja encaminhado por grandes tubulações até a estação de tratamento. Significa beneficiar diretamente cerca de 11% do município, que está totalmente inserido em área de manancial. Serão construídas duas estações de bombeamento, 26,5 km de grandes tubulações e mais 1.909 ligações domiciliares.

Todo o volume coletado será enviado para a Estação de Tratamento de Esgoto ABC. Com financiamento do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), o investimento é de R$ 26,7 milhões e vai gerar mais de 300 empregos. A previsão é que as obras sejam finalizadas em 2021.

Nos últimos 6 anos a Sabesp investiu cerca de R$ 16,8 milhões no sistema de esgotamento sanitário de Rio Grande da Serra em obras com implantação de mais de 22 km de tubulações, 3 estações elevatórias de esgoto e 1.191 ligações domiciliares, por exemplo. Já para os próximos 23 anos, com a revisão do contrato realizada em junho deste ano, a previsão de investimentos é de R$ 68,3 milhões, sendo R$ 21,2 milhões em abastecimento de água e R$ 47,1 milhões em coleta e tratamento de esgoto.

Também neste ano, a Sabesp iniciou as obras do Programa Pró-Billings, em São Bernardo do Campo. Essas intervenções beneficiarão diretamente cerca de 250 mil pessoas na região do Alvarenga, incluindo bairros como Imigrantes, Jardim Laura, Las Palmas, Los Angeles, Pinheirinho, Represa, Batistini, Bairros dos Casas, Parque Espacial e Jardim das Oliveiras. Com um investimento de cerca de R$ 162 milhões e previsão para serem finalizadas em 2020, essas obras incluem a instalação de 133 km de grandes tubulações de esgoto e 39 estações para o bombeamento do mesmo até a estação de tratamento.

Somando-se o Pró-Billings e as obras agora autorizadas em Rio Grande da Serra, são R$ 189 milhões em investimentos para aumentar o tratamento de esgoto no ABC, beneficiando diretamente cerca de 255 mil pessoas e, indiretamente, toda a população da região com rios mais limpos, mais saúde e mais qualidade de vida. Além disso, as obras geram cerca de 1.200 empregos diretos e indiretos, muitos deles preenchidos por moradores.

 

Essas obras têm como objetivo melhorar a qualidade da água através da coleta e tratamento dos esgotos, assim como melhorar a vida da população e preservar a represa Billings. Além de ajudar a elevar o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) e a reduzir a mortalidade infantil e doenças de veiculação hídrica, entre outros benefícios.

 

Av. Dom Pedro I, 10 - Centro, Rio Grande da Serra - SP, 09450-000